Cozer ou coser

Estas duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. O verbo coser é sinônimo de costurar e o verbo cozer é sinônimo de cozinhar.

O verbo coser tem sua origem no latim consuere, devendo assim ser escrito com s e se refere ao ato de costurar, ou seja, unir com linha e agulha através de pontos. Pode significar também o ato de se encostar, de se aproximar muito ou perfurar e crivar alguém ou alguma coisa com facadas ou tiros.

Exemplos:
Minha avó coseu minha saia ontem.
A costureira passa o dia cosendo.
Todos se coseram contra a parede quando um carro passou naquela direção.

O verbo cozer tem sua origem no latim clássico coquere, pelo latim popular cocere, tendo sofrido evolução para a consoante z. Refere-se ao ato de cozinhar, ou seja, preparar a comida submetendo-a à ação do fogo.

Exemplos:
A mãe cozeu as batatas para o jantar.
A cozinheira passa do dia cozendo alimentos.

As palavras cozer e coser apresentam a mesma fonética, ou seja, são pronunciadas de forma igual, mas seus significados e escritas são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras homófonas.

Na língua portuguesa, existem diversas palavras homófonas: cozer/coser, acessório/assessório, acento/assento, conserto/concerto, cela/sela, sinto/cinto,…

Palavras Relacionadas: coser, cozer.

Dúvidas Relacionadas