Coxa ou cocha

As palavras coxa e cocha existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. Coxa se refere a uma parte da perna, entre o quadril e o joelho. Cocha se refere, principalmente, a cabos usados em embarcações.

Coxa tem sua origem na palavra em latim coxa, devendo assim ser escrita com x e não com ch. É um substantivo comum feminino e se refere à parte do corpo humano ou do corpo dos animais localizada no membro inferior entre o quadril e o joelho. Pode ainda ser um adjetivo, sendo o feminino de coxo, ou seja, manca, desnivelada, instável.

Exemplos:
O atleta não poderá competir devido a uma lesão na coxa.
Hoje iremos comer coxas de frango com molho branco.
Minha irmã machucou o pé e agora está coxa.
Cuidado com essa cadeira coxa porque você pode cair.

A palavra cocha tem uma origem incerta e controversa, podendo vir da palavra coca. É um substantivo comum feminino e se refere aos cordões que são torcidos para formar os cabos das embarcações. Pode significar ainda uma vasilha, caixa ou recipiente feito de um tronco de árvore escavado com diversas utilizações, sendo o feminino de cocho.

Exemplos:
A palavra cocha é muito utilizada em contextos náuticos.
Preciso de uma cocha para deixar o cacau fermentando.

As palavras coxa e cocha apresentam a mesma fonética, ou seja, são pronunciadas de forma igual, mas seus significados e escritas são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras homófonas.

Na língua portuguesa, existem diversas palavras homófonas: coxa/cocha, acento/assento, conserto/concerto, cela/sela, sinto/cinto, cozer/coser,…

Palavras Relacionadas: coxa, cocha.

Dúvidas Relacionadas