Coincidência ou conhecidência

A forma correta de escrita da palavra é coincidência. A palavra conhecidência está errada. Devemos utilizar o substantivo feminino coincidência sempre que quisermos referir a ocorrência de acontecimentos ao acaso que parecem ter um relação entre si, bem como uma igualdade, similaridade ou conformidade entre duas ou mais coisas. Refere-se também à ocorrência em simultâneo de vários acontecimentos, bem como à ocupação do mesmo espaço. Significa ainda uma confluência de coisas para um fim comum.

Exemplos:

  • Olha, que coincidência! Também estava pensando nisso!
  • Você acha que é coincidência que os dois tenham tido a mesma ideia?
  • Como poderei ir a essas duas aulas se há coincidência de horário?
  • Foi uma coincidência de factores que contribuiu para o sucesso da empresa.


A palavra coincidência poderá ter duas origens distintas. Poderá ser formada a partir de derivação sufixal, onde é acrescentado um sufixo a uma palavra já existente, alterando o sentido da mesma. Assim, temos o verbo coincidir mais o sufixo –ência. O sufixo –ência é um sufixo nominal que forma um substantivo a partir de um verbo e se refere ao resultado de uma determinada ação. Neste caso, o resultado de incidir. Poderá ainda ser formada a partir de derivação prefixal, onde é acrescentado um prefixo a uma palavra já existente, alterando o sentido da mesma. Temos então o prefixo co- mais o substantivo incidência. O prefixo co-, de origem latina, significa companhia, união, simultaneidade, ou seja, uma incidência, acontecimento ou ocorrência em simultâneo.

Assim, a palavra coincidência deverá ser escrita com co na primeira sílaba e in na segunda sílaba, bem como todas as palavras cognatas de coincidência, como coincidir, coincidente, coincidível, coincidentemente,…

Palavra Relacionada: coincidência.

Dúvidas Relacionadas